EL DORADO – Os efeitos do profissionalismo no futebol colombiano (1948-1951)

A partir de 1948, vários grandes jogadores do futebol mundial foram atuar na Colômbia. Os argentinos Perdernera Di Stéfano, Nestor Rossi e Héctor Rial, o brasileiro Heleno de Freitas e o inglês Charles Mitten, são só alguns daqueles que “desfilaram” suas habilidades em campos colombianos, no período do futebol do país que ficou conhecido como El Dorado.

Mas o que teria feito esses jogadores saírem dos seus respectivos clubes e países para irem atual em um país que passava por sérios problemas de violência política e onde a liga de futebol não possuía reconhecimento oficial da FIFA e havia acabada de se profissionalizar, sendo denominada por parte da imprensa da época como uma “liga pirata”?

 

El DoradoClique aqui para comprar

 

 

Share